Ambiente Gaia | Ir para a página inicial
Selecionar idioma: en br


Nossos Contatos

Salvador
» Fones: (71) 3033-3857
São Paulo
» Fones: (11) 97631-7127
» e-mail: Clique aqui

Aterro Sanitário

A Ambiente Gaia Consultoria e Engenharia conta com profissionais experientes e capacitados para projetos de construção e gerenciamento de aterros sanitários.

Aterro Sanitário

A ABNT (1984) - Associação Brasileira de Normas Técnicas apresenta a seguinte definição: “Técnica de disposição de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) no solo, sem causar danos à saúde pública e sua segurança, minimizando os impactos ambientais, método este que utiliza princípios de engenharia para confinar os RS a menor área possível e reduzi-los ao menor volume permissível, cobrindo-os com uma camada de terra na conclusão de cada jornada de trabalho, ou a intervalos menores se for necessário”. Esta técnica minimiza a proliferação de micro e macro vetores, diminuindo os riscos de contaminação direta, além de permitir o controle efetivo da poluição do ar, fumaça e odores, reduzir os riscos de incêndio, poluição das águas superficiais e subterrâneas e ainda da poluição estética.

Esquema Aterro Sanitário

Aterro Sanitário x Aterro Controlado

A diferença básica entre um aterro sanitário e um aterro controlado é que este último prescinde da coleta e tratamento do chorume, assim como da drenagem e queima do biogás. No mais, o aterro controlado deve ser construído e operado exatamente como um aterro sanitário. Normalmente, um aterro controlado é utilizado para cidades que coletem até 50 toneladas/dia de resíduos urbanos, sendo desaconselhável para cidades maiores.

A Ambiente Gaia Consultoria e Engenharia realiza consultoria técnica junto aos Municípios criando as melhores estratégias para implantação e operação de aterros sanitários.

Elaboramos e executamos o projeto de construção do Aterro Sanitário: Células, drenagem superficial e drenagem sub-superficial; técnicas utilizadas para aproveitamento de gás metano; técnicas utilizadas para tratamento dos líquidos percolados; encerramento e usos futuros. Todo projeto é desenvolvido por profissionais capacitados e experientes da engenharia civil e sanitária com acervo técnico junto ao CREA e seguindo as normas técnicas da ABNT.

NBR– 1.264 Armazenamento de resíduos Classe II-A não inertes e Classe III-B inertes.

NBR– 8.418 Apresentação de projetos de aterros de resíduos industriais perigosos.

NBR– 8.419 Apresentação de projetos de aterros sanitários de resíduos sólidos urbanos.

NBR– 8.849 Apresentação de projetos de aterros controlados.

NBR–13.896 Aterros de resíduos não perigosos-Critérios para projeto, implantação e operação.